terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Indeferido...


O núcleo de Estremoz do Bloco de Esquerda não dispõe ainda de sede própria, como não dispõe no Redondo, em Viana, no Alandroal, etc.
Mas em todos estes locais Câmaras e Juntas de Freguesia de partidos e movimentos tão díspares como o MUDA do Alandroal, o MICRE do Redondo, a CDU em Viana, o PS em Évora, sempre se dispuseram a fazer cumprir o serviço público a que estão obrigados: ceder instalações a grupos de cidadãos que delas precisem para dar corpo a uma regra básica da democracia - o direito de reunião e associação.
A democracia não se esgota nos partidos, mas também não se cumpre sem eles.
Nunca na nossa terra tivemos uma recusa de cedência de instalações.
Para mais, sem qualquer justificação.
Assim a seco.
Não emprestamos a sala e pronto.
O Presidente da CME assume assim o papel de "dono da bola".
Majestaticamente.
Como nas monarquias absolutas.
Sem se achar sequer na obrigação de explicar a um grupo de munícipes o porquê desta decisão inédita e arbitrária.
Não fosse a atitude simpática e solidária do Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria - a quem muito agradecemos - e teríamos reunido na rua.
Como no tempo da outra senhora para onde muitos querem empurrar o nosso Concelho e o País em geral.

Luis Mariano

2 comentários:

antonio joaquim disse...

A decisão do cacique de Estremoz
não nos espanta.
No entanto, aqui lhe deixamos um
recado em som bem audível:
- Conte connosco para lhe denun-
ciarmos todas as arbitrarierdades
- Aqueles que mais invocam Abril
acabam por ser os seus maiores
detractores.
- Este Poder Local retrógrado pre-
cisa de uma grande vassourada.

Abel Ribeiro disse...

Pois é, Camarada Mariano.
Quem colocou o "banddo" no Poder deve arrepender-se.
Quem o combate deve fazê-lo em todo o campo, mesmo o judicial.
Como eu estou a fazer, com enormes custos. Não sou de Estremoz nem aí spu querido (parece que devo a toda a gente), mas estou a pôr",no lugar, os "anónimos" atrevidos.
Porque Estremoz não pode ser esta República de (em sentido figurado, sublinho) de "bordel".
Mas quando a causa de Olivença ocupa tanto tempo a quem melhor escreve...